magnotico on-line entertainment

magnotico on-line entertainment
Este blog nunca se irá encontrar escrito ao abrigo do (des)Acordo Ortográfico de 1990!

terça-feira, 17 de março de 2009

Poema CVI - Anoitece

A Eva Redondo

Anoitece...
Deixa anoitecer devagar!
Que quanto menos tempo tiver a noite
Menos tempo tenho para me amargurar...

Anoiteceu...
Foi tão impetuoso o escurecer
Que a imensidão do escuro
Me deixou enlouquecer...

Enlouqueci!
Agora que a noite chegou
E a loucura atracou
Nada posso fazer senão amanhecer.

Não amanhece... não acordo.
Quem me diz se ainda estou louco?
Amanhece... não acordei...
Talvez tenha morrido um pouco.

Bruno Torrão
20 Mai.'04



Não! A Evinha não andava com ideias suicidas!
Este poema foi-lhe dedicado por uma simples razão. É um dos poemas onde usei a técnica a que apelidei de "Three Words Poetry" onde construo um poema a partir de três palavras soltas e, neste caso, dadas pela minha ex-formadora de Português, Eva Redondo, de quem, inclusivamente, tenho um montão de saudades... :)

1 comentário:

Mikael disse...

Finalmente de volta à escrita.

Abraço